Pudim: tudo o que você precisa saber para lucrar com a receita!

Pudim: tudo o que você precisa saber para lucrar com a receita!

O pudim é uma das sobremesas mais famosas. O de leite condensado então, mais ainda. É difícil encontrar alguém que não goste deste doce.

Dito isso, você já pensou em fazer pudim para vender?

Além de ser um dos queridinhos dos brasileiros, o preparo do pudim é muito fácil.

Logo, se você procura uma forma de ganhar dinheiro sem sair de casa, essa pode ser uma boa ideia.

Para te ajudar, trouxemos algumas informações e dicas sobre o preparo e comercialização do pudim. Então, continue conosco e saiba tudo o que você precisa para lucrar com a receita!

Pudim: qual a história desse prato?

Antes de qualquer coisa, vamos falar sobre a origem do pudim.

Segundo conta a história, a sobremesa surgiu no século XVI nos conventos portugueses.

Nessa época a receita ainda não levava leite condensado. Inicialmente, o pudim era chamado de pudim marfim, devido a sua cor. Ele era preparado com ovos, farinha, açúcar, leite e favas de baunilha.

Como o Brasil foi colonizado pelos portugueses, não demorou muito e o prato se tornou popular por aqui.

Tanto no Brasil, quanto em Portugal, o pudim é um doce cremoso e consistente.  Conforme o tempo foi passando, as receitas foram evoluindo. Hoje existe pudim de chocolate, de coco, de maracujá e várias outras versões.

Veja a seguir como é possível ganhar dinheiro com o prato.

Como lucrar fazendo pudim

Agora, que falamos sobre a possibilidade de empreender fazendo a sobremesa, vamos te mostrar o passo a passo para você fazer isso.

Em primeiro lugar, vamos começar pela receita, é claro!

Vamos te ensinar a receita mais tradicional. Ou seja, o pudim de leite condensado.

Contudo, você pode testar sabores diferentes, criando novas versões para fazer ainda mais sucesso e vender muito.

Então vamos lá!

1. Fazendo o pudim de leite condensado

 Ingredientes para o pudim

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 leite com medida da lata de leite condensado
  • 4 ovos
  • 1 xícara de chá de açúcar
  • 1/4 de xícara de chá de água

Modo de preparo

A primeira coisa é fazer a calda caramelizada.

Então, misture a água e o açúcar em uma panela e leve ao fogo alto até que se torne uma calda avermelhada.

Logo depois, desligue o fogo e despeje a calda nas forminhas para o pudim.

Agora aprenda a fazer o pudim!

Adicione os demais ingredientes no liquidificador e bata até que se misturem completamente. Em seguida, despeje o caldo nas forminhas já com o caramelo.

Coloque as mini forminhas em uma forma maior e preencha de água até chegar à metade da altura delas.

Cubra com um papel alumínio e feche bem as laterais.

Leve ao forno por cerca de 20 minutos. Retire do forno, deixe esfriar por 5 minutos e leve à geladeira por 1 hora. Está pronto!

Para desenformar mais fácil, passe uma faca na lateral e no centro do pudim.

2. Use embalagens de qualidade

Para vender pudim, acertar na receita do pudim é essencial. Mas, usar as embalagens certas é tão importante quanto. 

Em outras palavras, você precisa escolher embalagens de qualidade, que sejam ao mesmo tempo práticas e visualmente bonitas.

Desse modo, prefira embalagens plásticas que possuem a parte superior transparente.  Assim, o cliente consegue ver o produto antes de comprar.

Além disso, esse tipo de embalagem passa uma boa impressão, pois, é segura e higiênica.

Se você quer chamar ainda mais a atenção dos clientes para o seu doce, sugerimos que capriche na decoração. Use laços de fita ou adesivos para divulgar sua marca.

Leia mais: Entenda como causar boa impressão através da embalagem

3. Escolha como vai vender o doce

Agora que você já sabe como fazer e embalar o pudim da maneira correta, chegou a hora de escolher os canais de venda.

Uma opção é vender diretamente ao cliente em locais como escolas e faculdades, por exemplo. Ou ainda de porta em porta.

Você também pode vender o seu pudim em parceria com restaurantes, lanchonetes, docerias, etc. Se você escolher esta opção, você deve apresentar seus produtos para os donos ou gerentes desses estabelecimentos.

Há ainda outra maneira de ganhar dinheiro com pudim: vendendo por encomenda para atender aniversários, casamentos, formaturas e outros eventos.

Por fim, você também pode vender os pudins pela internet. Aproveite o potencial das redes sociais para anunciar o seu negócio.

Nesse sentido, o Instagram é uma excelente ferramenta para isso, pois, explora o visual como nenhuma outra. Então, tire fotos bem bonitas do seu produto.

Além disso, use a rede social para dar dicas de receitas, fazer promoções e sorteios. Depois é só aguardar os pedidos.

DICA EXTRA:

Por último, para garantir o sucesso vendendo pudim ou qualquer outro produto, faça um bom trabalho de divulgação.

Afinal de contas, planejar a divulgação te ajuda a conseguir mais clientes. Por isso, estude as formas mais eficientes de tornar o seu pudim conhecido, mesmo antes de começar a produção.

Quer uma dica?  Convide as pessoas para degustar a sobremesa e deixe que o sabor os surpreenda.  Se o seu pudim agradar ao paladar delas, elas certamente falarão bem dele para outras pessoas. Como resultado, você aumentará suas vendas.

E então, gostou das dicas? Agora você sabe o que fazer para lucrar vendendo a sobremesa queridinha dos brasileiros. Mas também é possível faturar com outros tipos de alimentos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *