Franquia ou negócio próprio: como escolher o melhor investimento

Franquia ou negócio próprio: como escolher o melhor investimento

Franquia ou negócio próprio: como escolher o melhor investimento

Investir em franquia ou negócio próprio?

Afinal, o que é melhor?

Esse é um questionamento muito comum entre os novos empreendedores.

O crescimento do mercado de franchising tem atraído muitas pessoas.

Por outro lado, a aceleração da Transformação Digital também tem contribuído para o surgimento de novas possibilidades de mercado. 

Diante desse cenário, podemos adiantar que cada modelo tem suas vantagens e desvantagens. 

Portanto, é fundamental que você faça uma análise detalhada antes de fazer uma escolha. 

Quer ajuda para avaliar esses dois formatos de negócio?

Então, confira os próximos tópicos!

 

Como funciona o sistema de franquias?

Antes de tudo, vejamos um pouco mais sobre o mercado de franquias e suas particularidades.

De maneira resumida, a franquia é um formato de negócio que opera mediante a concessão do direito de uso de uma determinada marca.

Em outras palavras, um franqueador, isto é, o dono da marca em questão, concede o direito de uso de sua marca a um franqueado ou investidor.

Desse modo, quem investe em uma franquia, tem um negócio validado, reconhecido e bem sucedido no mercado. 

No entanto, devemos dizer que existem franquias boas e franquias ruins.

Logo, antes de decidir onde investir, você precisa entender os prós e contras de cada um desses formatos.

 

Franquia ou Negocio proprio - mulher

Conheça as vantagens de ter uma franquia

O mercado de franchising brasileiro é um segmento bastante promissor. 

Afinal, o formato sempre foi considerado um porto seguro para empreendedores e empresários. 

Apesar disso, seja franquia ou negócio próprio, todo tipo de negócio oferece vantagens e desvantagens. 

 Vantagens da franquia

  • Não exige experiência gerencial, pois, a rede oferece o know-how necessário para operar e administrar a franquia;
  • É um investimento de baixo risco por se tratar de um negócio testado;
  • O Retorno sobre Investimento (ROI)  é mais rápido em comparação a outros modelos de negócio;
  • Marketing mais barato e facilitado pela rede franqueadora, responsável pela estratégia;
  • Financiamento e linhas de crédito mais acessíveis.
  • Ter um estoque que se valoriza ao longo do tempo e dá ao empreendedor mais segurança e redução de prejuízo caso deseje não mais seguir com a Franquia.

Este último ponto por vezes não é levado em conta ao se buscar uma franquia para investimento. No entanto, é importante salientar que, esta vantagem não se aplica a franquias de prestação de serviço e sim em franquias de varejo, como é o caso da Franquia Sorpack Embalagens.

 

Agora, veja as desvantagens de ter um negócio próprio

Conforme vimos, a franquia é ideal para quem quer investir em um negócio seguro e com menos riscos.

Por outro lado, se você é um empreendedor que não abre mão da liberdade de gestão e está disposto a assumir riscos, conheça agora as desvantagens de abrir um negócio próprio.

Desvantagens de abrir um negócio próprio

  • Alto risco financeiro e mercadológico;
  • Exige experiência administrativa e gerencial;
  • Longo prazo de ROI, pois, o retorno do investimento em um negócio próprio tende a ser maior do que em franquias;
  • Demanda um alto esforço inicial para colocar a empresa em operação.

O que mais avaliar antes de decidir entre franquia ou negócio próprio

Você acabou de ver os prós e contras de cada modelo de negócio.

Mas, além disso, há outros fatores que você deve levar em conta antes de definir se vai investir em franquia ou negócio próprio. 

Desse modo, avalie também:

 

  • Qual é o seu perfil de empreendedor 

 

Antes de decidir, faça uma análise das suas características. 

Para empreender no mercado de franquias, é preciso ter facilidade para seguir padrões e acatar decisões.

Afinal, no sistema de franquias, você deve seguir as regras da franqueadora.

Além disso, você também deve estar disposto a fazer uma gestão colaborativa, operando em conjunto com a rede.

 

 

  • Quanto você está disposto a gastar

 

Todo negócio requer um investimento inicial, seja franquia ou negócio próprio.

Por isso, é importante fazer uma avaliação financeira e colocar todos os custos na ponta do lápis.

Ou seja, faça um plano de negócios para identificar o formato  mais condizente com sua realidade financeira.

 

  • Qual modelo se adequa melhor à sua ideia

 

Você também deve levar em conta a sua ideia de negócio antes de optar por franquia ou negócio próprio.

Por exemplo, se sua ideia estiver relacionada a um produto ou serviço inovador e que ainda não tem concorrência no mercado, o melhor é abrir o seu próprio negócio.

Mas se o objetivo for empreender em um segmento já existente, como fast-food, por exemplo, a franquia é a melhor opção.

 

Por fim, esses são os principais aspectos que você deve levar em consideração ao escolher o tipo de negócio no qual vai atuar.

Franquia ou negócio próprio?

Com qual deles você mais se identificou?

Caso tenha se interessado mais pelo franchising, a Sorpack Embalagens possui uma franquia confiável e lucrativa.

Quer faturar até R$1 milhão já no primeiro ano de franquia?

Torne-se um franqueado agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *